Biografia

A banda brasileira Warfield, originária da cidade de Videira – SC, foi criada em meados de 2005 por iniciativa do guitarrista Ivan Caregnato, tendo como objetivo, formar uma banda voltada ao estilo Heavy Metal. Inicialmente, Ivan Caregnato convidou o guitarrista Marlon Borges, para fazer parte da banda, que de imediato aceitou o convite. Em seguida foi a vez do baixista Carlos Medeiros fazer parte do projeto e mais adiante, completam o line –up, o vocalista Ricardo Mueller e o jovem prodígio baterista Fontaine Di Bastiani.

Com essa formação a Warfield realiza no início de 2006 seu primeiro show, em um clube de campo do interior de Videira, tendo a própria banda organizado o evento, e o set list, composto de covers de algumas das principais bandas mundialmente conhecidas no estilo. Também já apresentando as suas duas primeiras composições, “Times of Dust”, que mais adiante se tornaria o título do primeiro álbum e “Our Field of the War”, que mais tarde foi adaptada e renomeada para Warfield, nome escolhido para banda.

Após boa impressão causada no seu primeiro show surgem novas oportunidades, a banda começa a se apresentar em eventos municipais, casas de shows, festivais de rock, onde novas músicas autorais passam a compor o set-list no decorrer das apresentações. Novos shows também começam a acontecer em outras cidades além da região oeste catarinense, fazendo com que a banda comece a se destacar na cena do rock & metal underground catarinense. E assim, a banda vai conseguindo cada vez mais reconhecimento do público presente nos shows, e consequentemente, conquistando maior espaço nos canais de imprensa como, jornais e mídia especializada.

Depois dos primeiros shows houveram mudanças na formação, o guitarrista Marlon Borges decide sair do grupo logo após o segundo show realizado em 2006, para se dedicar inteiramente aos estudos. Em seu lugar, entra o jovem e promissor guitarrista Marcos Gaio, mais adiante saem da banda o baixista Carlos Medeiros e o vocalista Ricardo Mueller. Apesar da dificuldade em relação a saída de integrantes, a banda segue ativa na realização de novos shows com a entrada do vocalista Daniel Denbinski e do baixista Ike Bauerle no início de 2007.

Sendo assim, no ano de 2009, que aconteceu o grande o marco na trajetória da banda, a gravação do Debut Album chamado “Times of Dust”. Contendo 10 músicas, o álbum foi gravado na cidade de Curitiba-PR, onde além do guitarrista Ivan Caregnato, participaram das gravações o guitarrista Marcos Gaio, o vocalista Daniel Denbinski, o baixista Isack Oliveira e o baterista Fontaine Di Bastiani.

Havia então uma grande expectativa para o show de lançamento do álbum Times of Dust, realizado em junho de 2010 na cidade de Videira, havendo grande presença de público da cidade de origem e cidades da região, sendo assim, o evento foi bastante positivo e animador para a Warfield.

Curiosamente, o que parecia ser uma nova e promissora etapa para a banda após o registro do Album “Times of Dust”, houve novamente o desgaste com a saída de integrantes, primeiro foi o guitarrista Marcos Gaio, que resolve sair da banda logo depois do show de lançamento, alegando ter outras prioridades particulares e não se envolvendo mais em atividades ligadas à música. Em seguida, após mais alguns shows, foi a vez do vocalista Daniel Denbinski também decidir sair do grupo em 2011.

Posteriormente a esses fatos, foram realizados mais alguns shows, com novos integrantes, porém derradeiros. Devido à dificuldade de manter um line-up permanente a banda ficou inativa por um longo período. Com isso o merchandise e a divulgação do álbum “Times of Dust” ficaram bastante comprometidos, além disso, existem poucos registros disponíveis em vídeos de shows realizados pela banda até então, devido tais circunstâncias.

Independente desses eventos com a banda, logo após finalizadas as gravações do debut album, já existiam duas novas músicas compostas sendo elas, “Missing Children” e “The Racehorse”, que em 2013, somando-se à novas composições, a banda inicia o processo de gravação do segundo álbum, “Master Executor”. O novo trabalho tem a participação do guitarrista Ivan Caregnato e do Baterista Fontaine Di Bastani, os únicos remanescentes do disco “Times of Dust”. No decorrer das próximas etapas integram-se à banda, para as gravações, o Vocalista Gustavo Rafaeli e posteriormente o Baixista Thomaz Bordignon.

No final do ano de 2020 foi concluído todo o processo de gravação do segundo álbum, gravado novamente em Curitiba- PR. Recentemente foi integrado ao grupo, o guitarrista Fabricio Casella, desta forma o grupo está novamente completo, renovado e apto a retornar as atividades em shows e novos projetos. O álbum “Master Executor” será lançado em 2021.

 

 

 

 

 

 

 

 


TOP